Referência na promoção e divulgação do género em Portugal, o projecto PunkPT surge em 2000 como um espaço onde todas as bandas que, de uma forma ou de outra, tivessem o punkrock como base, pudessem divulgar e promover o seu trabalho bem como servir de local para os visitantes puderem estar em contacto com as novidades das suas bandas favoritas da «cena» punk/hxc Internacional.
No seu inicio e ate 2002 o site apresentou-se como uma versão portuguesa de outros que já existiam na altura servindo-se de noticias e de uma actualização diária e regular para conquistar novo público para o género. Ainda que os objectivos e ideias iniciais se tivessem mantido (promover e divulgar a «cena» punk), a partir de 2002 o site adoptou uma filosofia de portal, passando a actuar numa logica de comunidade; servindo de ponte entre músicos e fãs, incentivando-os a partilhar ideias, conhecimentos, experiências e bandas que conhecessem, contribuindo assim para o enriquecimento do site e de quem o visitasse.

Apontado pela imprensa músical como pioneiro (Blitz 18 Out. 2005), o projecto Zona Punk / PunkPT destacou-se por ter sido o primeiro site informativo inteiramente dedicado ao género em Portugal.

Fazendo fé ao espirito DIY (Do It Yourself), até ao final de 2002 o site mantinha-se alojado numa residência particular e não num servidor próprio (como a maioria das páginas web) a partir de uma ligação particular ligada 24h para assegurar a continuidade do projecto.

Como projecto independente e imparcial o PunkPT viria a ter o seu "fim" em Setembro de 2006 depois de 6 anos dedicados à comunidade independente nacional e com uma média de 35 000 visitas mensais.

Ainda em 2006 o PunkPT foi considerado o 20.º melhor site nacional numa lista de 50 apontados pela edição de Fevereiro da Revista FHM figurando ao lado de importantes sites como: ForumSons, H2Tuga, Blog Gato Fedorento, PTGames ou Beachcam, entre muitos outros.

A partir de Outubro de 2006 e até Maio de 2008 o projecto PunkPT associou-se à produtora/editora/agência Xuxa Jurássica onde, sob o nome de Portal Xuxa, manteve algumas das suas ideias base.

Entrevista cedida ao Blog Anymais em 2005: https://www.facebook.com/note.php?note_id=154948374515450.

Contacto: hugomiguelcaldeira@gmail.com.